Um paciente internado na enfermaria de uma Unidade de Pronto Atendimento de Mossoró, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte, recebeu uma festa de aniversário dentro do hospital e o vídeo da celebração gerou repercussão nas redes sociais. O local é uma das unidades de referência para atendimento da Covid-19 na cidade potiguar.

“Misericórdia, tudo errado. Uma aglomeração aí em meio a doentes com COVID . A retirada da máscara e ainda com direito a assoprar as velas . Que absurdo isso”, disse outra pessoa que viu a postagem do vídeo no Twitter.

Além da aglomeração na UPA, depois dos ‘parabéns’ uma acompanhante do paciente tirou o respirador do homem para que ele soprasse as velas que estavam em cima do bolo. Além disso, pedaços do bolo que teve contato direto com partículas do paciente possivelmente infectado com o vírus ou com suspeita de infecção, teriam sido distribuídos para as pessoas que estavam no local.

“Coisa boa, vai ficar bom, viu. Agora eu vou partir o bolinho para os seus convidados aqui dessa enfermaria”, disse uma familiar do paciente.

Na cama ao lado do aniversariante, estava um homem deitado de barriga para baixo — técnica chamada de pronação — que tem sido usada em doentes com dificuldades respiratórias para ajudar na oxigenação.

Após a repercussão do caso, a Secretaria de Saúde de Mossoró abriu nesta quinta-feira (10) uma investigação para apurar as circunstâncias de uma festa e aniversário que aconteceu na UPA da cidade.