Wesley Safadão é uma das atrações da Semana Santa em Pipa
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, suspendeu uma decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) que autorizava um show do cantor Wesley Safadão no Estado nordestino. O motivo para a suspensão teria sido o alto valor a ser pago ao artista, uma quantia de R$ 500 mil, que seria incompatível com o orçamento do município que receberia o cantor, Vitória do Mearim.

O show de Wesley estava marcado para este domingo, 24, e seria em comemoração ao aniversário do município, comemorado dia 19 de abril. Esta foi a segunda decisão que impediu a realização do show do forrozeiro.

Durante a decisão, o ministro Humberto Martins considerou a despesa com o cachê do cantor uma lesão à ordem e à economia públicas. “Não se justifica a concessão da autorização sem que haja plena demonstração de que a realização do ato não prejudica demandas de saúde e escolares no município, que estão sendo questionadas judicialmente”, disse Martins