Mateus Sena foi convocado para defender o Brasil no Pan-Americano de Surfe – Foto: Arquivo Pessoal

Um dos representantes do Brasil no Pan-Americano de Surfe, que acontece entre os dias 7 e 13 de agosto no Panamá, será um potiguar de apenas 20 anos de idade: Mateus Sena. O surfista, que já é líder do ranking brasileiro profissional e venceu a primeira etapa do circuito, em junho em Maceió, vem ganhando cada vez mais destaque no cenário mundial do esporte.

“Eu estou muito feliz em ter a oportunidade de representar meu país. Acredito que vai ser uma oportunidade muito grande de poder mostrar meu surfe para todo mundo, mostrar meu potencial e provar que eu estou ali porque eu mereço”, contou animado.

Sobre a preparação, Mateus Sena disse estar se preparando bastante, tanto dentro quanto fora d’água. “Eu treino junto com o meu pai, meu técnico, dentro d’água. E também tenho me preparado fisicamente fora com meu treinador, Carlos Cabral. Além disso tenho acompanhamento com meu fisioterapeuta, Felipe e com minha coach, Milena. Então estou tendo uma preparação muito boa para esse campeonato”, detalhou.

O potiguar vai representar o país na competição ao lado de grandes surfistas na equipe masculina, como David Silva, João Chumbinho e Messias Félix. “Vai ser uma oportunidade incrível para absorver muita experiência. O campeonato vai contar com alguns dos maiores surfistas do mundo e algum dos melhores do Brasil também, que já fizeram parte da primeira divisão do surf mundial, como David Silva. Então acredito que eu tenho muito a aprender com eles”, disse Mateus.

O Pan-Americano do Panamá, considerado por especialistas do Surfe o mais importante evento da América do Sul, pode ser uma oportunidade para os atletas garantirem vaga nos Jogos Pan-Americanos Gerais de 2023, em Santiago, no Chile, e, quem sabe, uma vaga olímpica.

“Estou muito feliz. Espero fazer um bom resultado e trazer uma medalha para casa”, falou esperançoso.

Mateus Sena, surfista potiguar – Foto: Arquivo Pessoal