A Companhia Potiguar de Gás (Potigás) ultrapassou a marca de 30 mil clientes
nesse mês. O número foi alcançado devido a diversos fatores como o investimento
da concessionária estadual de gás natural canalizado na rede de gasodutos, o que
possibilitou o atendimento de mais usuários em todos os segmentos de atuação da
empresa.

Distribuição de gás natural canalizado/Foto: Reprodução

Só no ano passado, a Potigás aumentou sua rede de gasodutos em mais de 17 mil
metros, abrangendo a Grande Natal e Mossoró. Foram investidos mais de R$ 5
milhões, com recursos próprios provenientes da comercialização do gás,
empregados na expansão da rede da empresa.
“O crescimento é devido à expansão da nossa rede de distribuição, em mais ruas,
mais bairros e consequentemente, mais usuários”, explica Sérgio Henrique
Guimarães de Paula, Diretor Técnico e Comercial da Potigás. Atualmente a empresa
conta com mais de 460 mil metros de gasodutos espalhados pelas principais ruas e
avenidas de Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e
Goianinha.

O Shopping 10, localizado no bairro do Alecrim, foi o cliente de número 30 mil da
Potigás. Segundo Ricardo Cirne, proprietário do shopping, vários fatores foram
responsáveis pela opção do gás natural canalizado.
“Eu cito quatro pontos principais: em primeiro lugar a facilidade da conversão do
GLP para o gás natural; em segundo lugar, a economia de quase 50%; em terceiro
lugar, a praticidade de não precisar controlar estocagem porque o gás chega
diretamente pelos dutos; cito ainda o aproveitamento do espaço antes utilizado
para estocar quatro cilindros grandes de gás”, explica Ricardo Cirne.

O empresário ainda enalteceu a logística do gás natural. “O Shopping 10 fica em
uma rua muito movimentada, então os cilindros eram abastecidos à noite para que
o caminhão pudesse realizar a descarga. Com o gás da Potigás temos todos esses
ganhos”, completa.

Os investimentos realizados pela Potigás têm permitido que mais potiguares
tenham acesso aos benefícios do gás natural canalizado como segurança,
praticidade, economia e sustentabilidade. O gás natural é mais leve do que o ar, ou
seja, ele se dissipa rapidamente em caso de vazamento. Além disso, dispensa o
armazenamento em botijões, o que também garante mais segurança para os
estabelecimentos.

A Companhia Potiguar de Gás trabalha para ampliar ainda mais a sua rede de
clientes e busca adquirir o gás a preços mais competitivos de forma que o principal
beneficiado seja o consumidor final. Para isso realizou uma chamada pública com o
objetivo de obter gás natural de outras empresas, visto que o contrato com a
Petrobras vence em janeiro de 2022. A Companhia está na fase de negociação com
duas empresas habilitadas pela chamada e a previsão é de que o novo contrato
seja assinado até o final de julho.

“Nós realizamos uma chamada pública em 2019, mas não conseguimos avançar por
causa da falta do acesso à Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) em
Guamaré. Com a liberação desse acesso, conquistada com muito diálogo e
empenho do Governo do Estado, a gente vislumbra poder comprar o gás de
produtores locais, a preços mais competitivos e com garantia de segurança”,
destacou Larissa Dantas, diretora presidente da Potigás.

Larissa Dantas, Diretora Presidente da Potigás

O gás natural canalizado é distribuído continuamente pela Potigás através de sua
rede de gasodutos 24 horas por dia, nos sete dias da semana, e chega diretamente
aos usuários como a água e a energia. Ainda é mais barato que os outros
combustíveis e seu pagamento é realizado por meio de fatura e somente após o
consumo. O uso do gás natural também reduz a emissão de poluentes no meio
ambiente, garantindo mais qualidade do ar.

A Companhia atende clientes em quatro segmentos: comercial, residencial, veicular
e industrial

USO COMERCIAL
No segmento comercial, a Potigás atende bares, restaurantes, hotéis, padarias,
lavanderias, shoppings, supermercados, escolas, hospitais, academias, clínicas,
laboratórios, entre outros. Todos eles podem utilizar o gás natural canalizado em
diversas aplicações como fritadeiras, máquinas de absorção, caldeiras, fornos,
fogões, aquecedores de água, geradores de energia elétrica, ar-condicionado e
refrigeradores com motores a gás.

USO RESIDENCIAL
Nos condomínios, o gás pode ser utilizado tanto nos apartamentos como na Área de
Lazer. Nas unidades residenciais, seu uso vai desde a cozinha, com a cocção de
alimentos, até o banheiro e área de serviço, com o aquecimento da água. Já na
Área de Lazer, pode ser o combustível de churrasqueiras e ainda aquecer piscina e
sauna.

USO VEICULAR
A Potigás atende 51 postos que comercializam o Gás Natural Veicular (GNV) para
uma frota de quase 51 mil veículos no Rio Grande do Norte.

USO INDUSTRIAL
O gás natural pode substituir os combustíveis nas indústrias dos mais diversos
segmentos. Pelo seu grau de pureza, controle de pressão e regulagem da chama, é
um diferencial competitivo e determina a qualidade final dos produtos.