A 4ª Delegacia de Polícia, localizada em Mãe Luiza, iniciou investigação sobre a agressão sofrida por um bolsista do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). O incidente ocorreu na última segunda-feira (08) durante o protesto relacionado à liberação da licença de operação para a engorda da praia de Ponta Negra.

De acordo com a Polícia Civil, este é o único registro de agressão notificado até o momento. O boletim de ocorrência foi anotado, ainda no mesmo dia do incidente, pelo bolsista Arthur Carvalho. Até o momento, ninguém foi ouvido pela 4ª Delegacia de Polícia sobre o caso.

Leia mais: 
Bolsista do Idema é agredido durante manifestação; confira

O bolsista teria sido agredido com socos e empurrões por um homem identificado Thiago Alexandre. Inicialmente, foi divulgado que o suposto agressor integrava o corpo de assessores do presidente da Câmara de Natal, Ériko Jácome (Podemos). O vereador negou a informação em nota oficial, confirmando apenas que Thiago é um “apoiador”.

“A assessoria de imprensa do vereador Eriko Jácome esclarece que Thiago Alexandre não faz parte do gabinete do vereador e nem do quadro de servidores da Câmara Municipal de Natal, sendo apenas um apoiador”, informou a assessoria do vereador, em nota.

A agressão aconteceu durante um protesto na sede do Idema, motivado pela insatisfação com a demora na emissão das licenças necessárias para a engorda da praia de Ponta Negra. Durante as manifestações, um servidor da comunicação da Prefeitura do Natal chegou a forçar a abertura do portão.

Após a abertura para ingresso dos manifestantes, incluindo o prefeito de Natal, Álvaro Dias, além de secretários e vereadores, um novo tumulto foi registrado, resultando na agressão ao bolsista e em danos ao portão de entrada do órgão estadual.

VEJA O MOMENTO DA AGRESSÃO:

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________