Desapego Consciente
O projeto Desapego Consciente, no primeiro mês, entregou 430 peças de roupas, 52 calçados e 20 acessórios – Foto: Divulgação

No Brasil, cerca de 175 mil toneladas de materiais têxteis são descartados no meio ambiente por ano, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit). Itens que poderiam ser reaproveitados ou terem destinação correta. Para ajudar a reduzir esse impacto, o Natal Shopping incentiva o consumo consciente junto aos seus clientes, uma vez que a sustentabilidade é um dos principais pilares do empreendimento, que é administrado pela Ancar Ivanhoe.

Desta forma, o shopping disponibiliza o espaço Desapego Consciente para arrecadação de peças usadas de vestuários feminino, masculino e infantil. Localizado no piso L2, em frente à Centauro, a iniciativa tem como objetivo fazer uma ponte entre quem quer doar e os projetos sociais que atendem populações carentes.

Em seu primeiro repasse de 2022, que aconteceu este mês, o Desapego Consciente entregou 430 peças de roupas, 52 calçados e 20 acessórios à startup Arara Azul. A instituição tem como um de seus braços o projeto Arara Social, que doa roupas, calçados, bolsas e acessórios a abrigos que recebem mulheres em situação de vulnerabilidade social e de rua.

“A situação das mulheres que vivem nessas ycasas é bastante sensível e uma roupa nova faz toda diferença para a autoestima e dignidade delas. Nos abrigos, a assistente social que está à frente do projeto monta uma loja com os donativos e as abrigadas têm o poder de escolha dos seus próprios looks”, conta Fernanda Sobral, uma das idealizadoras do projeto.

“O Desapego Consciente foi pensado para quem quer desapegar daquela peça que não cabe mais ou não é usada há algum tempo, mas que ainda pode vestir quem não tem condições financeiras de comprar uma nova. Sabemos que essas mulheres vivem realidades muito difíceis e faz parte do nosso propósito engajar a comunidade e movimentar nossos clientes em ações de responsabilidade social, para ajudar a levar mais dignidade às populações carentes”, encoraja Diana Petta, gerente de marketing do Natal Shopping.  Além das doações, o empreendimento também disponibilizará o espaço da lojinha da sustentabilide para a venda de ecobags produzidas pelo Arara Social com peças doadas que não serviriam pra uso. Todo valor arrecadado retornará para o projeto.

Capacitação e cidadania

O projeto Arara Social também promove cursos de capacitação em comunidades de Natal. A matéria prima são roupas que seriam descartadas por não terem mais condições de uso. Logo, é um trabalho que une reaproveitamento de material e conscientização sobre cidadania.

“A situação das mulheres é muito difícil e houve um aumento da violência doméstica, principalmente depois da pandemia. Nestas atividades, compartilhamos conhecimento sobre técnicas artesanais e discutimos assuntos relacionados ao autocuidado e violência doméstica. Além de vestir as mulheres com roupas, ajudamos a vestir de dignidade, autoestima e autonomia”, conclui Fernanda.

Desde 2020, o Arara Social já doou mais de três mil peças para mulheres em situação de rua e vulnerabilidade no estado do Rio Grande do Norte. Fora isso, o projeto tem ajudado a mudar histórias com a capacitação para o reaproveitamento de material têxtil. Já foram reciclados mais de 1.500kg de roupas nos cursos da instituição.