Foto: Reprodução

O presidente também informou que está articulando a criação de de grupos técnicos internos para assessorar os vereadores nas dúvidas que eles tiverem sobre a matéria e também realizará uma série de audiências públicas e outras atividades para tratar sobre o assunto.

A chegada da minuta do Plano Diretor para votação pelos vereadores é a última fase de um processo revisional, marcado por diversos atropelos e contestações na Justiça.

O texto que chega para apreciação contém vários pontos questionados pelos movimentos sociais e pelos grupos que estudam o crescimento e desenvolvimento urbano da cidade, principalmente no que tange aos interesses apresentados pela participação popular.

Leia também:
> Revisão do Plano Diretor vai atrair novos investimentos para Natal
 > Plano Diretor de Natal deve ser analisado pela Câmara de Vereadores em julho

“Nosso mandato, que vem participando de cada etapa dessa revisão, sabe o quanto é importante esse posicionamento pelo debate por parte da Câmara Municipal, e, como necessário para evitar possíveis impactos negativos à apreciação dessa legislação que é decisiva para a cidade que seremos no futuro”, conta a vereadora que é representante da Câmara Municipal no Conselho da Cidade – Concidade

Também participaram da reunião os vereadores Brisa Bracchi (PT-Natal), Robério Paulino (PSOL) e Pedro Gorki (PCdoB), que vai assumir oficialmente a cadeira de Júlia Arruda nesta sexta-feira, 09.