Aécio Neves
Aécio Neves (PSDB), deputado federal por Minas Gerais – Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O deputado federal Aécio Neves (PSDB) anunciou, na tarde desta quinta-feira (4), que desistiu de ser candidato ao Senado Federal nas eleições deste ano. Ex-governador de Minas Gerais e ex-candidato à presidência da República, o tucano já exerceu o cargo de senador durante o mandato de 2011 a 2019, quando assumiu uma cadeira na outra Casa Legislativa Federal, ao se eleger deputado em 2018.

Apesar da desistência, o neto de Tancredo não está se afastando da política. Ele seguirá candidato neste ano e tentará a reeleição ao cargo de deputado federal. Aécio liderava todas as pesquisas de intenção de voto para o Senado, e não deve enfrentar grandes dificuldades para garantir mais quatro anos em Brasília.

O motivo que levou o mineiro a tomar essa decisão é meramente estratégico no tabuleiro político. O próprio Aécio justificou a retirada da candidatura como um movimento para “fortalecer a candidatura do companheiro Marcus Pestana”, que deve concorrer ao Governo de Minas Gerais, e passa a contar com o apoio do PDT, que passará a compor a chapa majoritária com Bruno Miranda, vereador de Belo Horizonte, que passa a ser o candidato ao Senado do grupo.