Foto: AFP
Um incêndio provocado por uma vela destruiu uma unidade de terapia intensiva de covid-19 na cidade de Kossiv, no oeste da Ucrânia, deixando pelo menos três mortos e quatro feridos – informaram os serviços de resgate.
De acordo com as mesmas fontes, um funcionário de um hospital acendeu uma vela na noite de terça-feira (28), em homenagem a um paciente falecido recentemente por covid-19.
Ao entrar em contato com o ar saturado da UTI, onde funcionavam cinco concentradores de oxigênio, esse foco de calor provocou, “imediatamente”, um incêndio nos equipamentos médicos.
“A ignorância das leis elementares da física e o desrespeito pelas regras de segurança levaram a perdas irreparáveis”, lamentaram os serviços de resgate, em um comunicado.
Três pessoas, entre elas dois pacientes, morreram neste incêndio ocorrido no andar térreo do edifício. A identidade do terceiro falecido é desconhecida, assim como o destino do funcionário que acendeu a vela.
Quatro pessoas ficaram feridas, duas delas com queimaduras graves, acrescentou a equipe de resgate.
Na Ucrânia, incêndios e outros acidentes em hospitais e lares para idosos são frequentes, devido à deteriorada infraestrutura, ou a casos de negligência.