baleias encalhadas alto mar
Baleias foram guiadas por embarcações e motonáuticas durante 6 km até uma área segura em alto-mar – Foto: Ricardo Morais

Um grupo de 16 baleias-piloto, encalhadas no litoral Norte Potiguar, conseguiu voltar para o alto-mar nesta segunda-feira (3), após uma operação conjunta que durou cerca de quatro dias, na altura das praias de Pititinga e Zumbi, no litoral Norte Potiguar. Participaram da operação de resgate dos animais, agentes do Corpo de Bombeiros Militar, pescadores, membros do Projeto Cetáceos da Costa Branca (PCCB-UERN), e do Centro de Estudos e Monitoramento Ambiental (CEMAM).

Leia também: 

A primeira vez que os animais foram vistos encalhados na praia de Pititinga foi na sexta-feira (31), quando se iniciou uma força-tarefa encabeçada por pescadores locais, com o auxílio de membros de projetos de preservação ambiental e órgãos de controle ambiental, bem como do Corpo de Bombeiros. Inicialmente eram 21 baleias, mas cinco delas não resistiram e morreram durante as ações de resgate.

Os animais foram acompanhados por cerca de 6 quilômetros, até chegarem a uma área considerada segura, onde foram deixados pelos bombeiros e voluntários que trabalharam na operação de resgate até a devolução dos animais ao mar. Foram utilizadas embarcações de pescadores e motonáuticas do Corpo de Bombeiros.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________