Líder do governo na ALRN explicou como a base do governo Fátima conseguiu manter os vetos. Foto: Eduardo Maia/ALRN
Líder do governo na ALRN explicou como a base do governo Fátima conseguiu manter os vetos. Foto: Eduardo Maia/ALRN

A base do governo do estado conseguiu uma vitória na Assembleia Legislativa ao manter 69 vetos da governadora Fátima Bezerra. Com isso, a pauta de votações foi destravada  e outros projetos poderão voltar a passar pelo plenário. Apenas um, dos 70 vetos, foi derrubado, em acordo com o governo.

“Há vários dias estava convocada uma sessão extraordinária com uma pauta de aproximadamente 70 vetos para deliberar, aguardando apenas que houvesse quorum regimental para que essa votação ocorresse. Hoje, a sessão extraordinária aconteceu. Tivemos quorum suficiente, precisávamos de 13 deputados e deputadas em plenário. Tivemos 14 deputados, mantivemos 69 vetos e derrubamos em comum, em acordo com o governo, um veto que era uma emenda a um projeto de lei apresentada pelo deputado Nel Ter Queiroz”, explicou o líder do governo na ALRN, deputado Francisco do PT.

Leia também:

“A votação ocorreu porque a base do governo estava articulada, conseguimos garantir o quorum e garantir os votos suficientes para manter os vetos governamentais e também para derrubar o veto que foi fruto de um acordo, foi fruto de um diálogo com o próprio governo, a derrubada do veto se deu porque o próprio governo concordou com essa derrubada desse veto”, acrescentou ele.

Segundo o líder do governo, parte da oposição tentou mais uma vez obstruir a votação dos vetos, ausentando-se do plenário da ALRN.

“Uma parcela da oposição resolveu esvaziar a sessão, eles acharam que se ausentando do plenário, nós não teríamos o quorum suficiente para deliberar e não foi isso que aconteceu. Mesmo com a ausência de uma parte significativa da bancada da oposição, a bancada do governo esteve presente e nós tivemos lá o quorum necessário para deliberar sobre esses vetos e, portanto, a partir de agora a pauta fica destrancada, destravada e aí nós vamos organizar quais são os projetos de lei que têm mais urgência para marcarmos a dele”, disse.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________