Governadora recebe propostas da agenda positiva da Fiern – Foto: Elisa Elsie – Assecom/RN

A governadora Fátima Bezerra recebeu da Federação das Indústrias do RN (Fiern), nesta quarta-feira (13), o documento Agenda Positiva para o Desenvolvimento Potiguar. Entregue pelo presidente da instituição, Amaro Sales, e diretores, o documento reúne sugestões para atuação conjunta – governo e classe produtiva – nas áreas do turismo, educação, energia eólica, porto, ativos, petróleo e gás.

“Parabenizo a Fiern e seus dirigentes. Recebemos com alegria estas propostas qualificadas que pensam o Rio Grande do Norte. A Fiern tem dado grande colaboração em pensar o desenvolvimento do RN. Vejo muito empenho da gestão do presidente Amaro. Ainda como candidata, nosso programa de Governo já identificava a contribuição importante do Mais RN. Agora recebemos esta agenda que também traz temas muito importantes”, afirmou Fátima Bezerra que estava acompanhada do vice-governador Antenor Roberto.

A chefe do Executivo sugeriu a criação de um grupo de trabalho formado por secretários e técnicos do Estado e representantes da Fiern. “Inclusive com minha participação direta. A agenda pode nos ajudar a consolidar um ciclo de desenvolvimento e crescimento econômico, o Estado eficiente, inclusivo e socialmente justo”, propôs Fátima Bezerra para lembrar a participação da Fiern na elaboração do Plano para retomada das atividades econômicas prejudicadas pela pandemia. “Nos reunimos várias vezes com os empresários, poderes constituídos e com os ministérios público. O acerto das medidas que tomamos, com muita responsabilidade, é comprovado pelos números de hoje que mostram que começamos a superar a doença, avançamos na vacinação e a pandemia dá sinais de arrefecer.”

A governadora disse que identifica nas propostas sintonia com o que pensa o governo. Segundo Fátima Bezerra, a gestão vai buscar parcerias com sistema Sesi/Senai para os IERNs – novas escolas que vão entrar para a história pela qualidade. No campo das energias, o estado tem vários projetos em implantação e projetos para produção off shore, além da planta de hidrogênio verde que será implantada pelo grupo Neoenergia. “Mas para termos compensação pelo grande excedente de energia que produzimos, como vocês bem colocaram, é preciso uma grande mobilização – e para isso conclamo o presidente Amaro Sales a liderar, no âmbito do Nordeste, dentro do processo da reforma administrativa em discussão no Congresso Nacional – as ações para modificar a legislação federal e assegurar retorno ao RN pela produção de energias.”

Fátima Bezerra encerrou dizendo: “Enfatizo que a agenda é de muita qualidade e afirmo que o governo está pronto para levar as propostas à frente na busca por mais empregos, renda e consolidar um estado eficiente também no sentido da promoção do desenvolvimento com cidadania, justiça social e sustentabilidade”.

O presidente Amaro Sales afirmou que Fátima Bezerra foi a chefe de Governo que compareceu à casa, o que revela resultado das boas relações institucionais. “Reconheço o esforço da governadora e de sua equipe em atender o nosso setor, ressalto também a superação no desafio de pagar as folhas em atraso, equilibrar as finanças e ainda a atuação no enfrentamento da pandemia com muito esforço e sucesso. O papel da Federação é pró-ativo, reconhecemos que o governo enfrenta dificuldades que vêm de muito tempo. Nós torcemos pelo Governo e pelo RN”, afirmou.

O coordenador do Mais RN – estudo da Fiern elaborado em 2014 que elenca potencialidades e necessidades de investimentos em vários setores da economia, que dá origem à agenda positiva – José Bezerra Marinho, reforçou as palavras de Amaro Sales: “nunca na história do RN um governador esteve com tanta frequência na Fiern e com tanta abertura para debater e ouvir a indústria”. Marinho explicou que a agenda é um documento com 27 páginas construído pela equipe do Mais RN que pretende atuação integrada entre empresários, entes públicos e centros de geração de conhecimento.

A governadora esteve acompanhada pelos secretários estaduais Carlos Eduardo Xavier (Set), Aldemir Freire (Seplan), Guia Dantas (Comunicação), Jaime Calado (Sedec), adjunto da Sedec, Sílvio Torquato. Por parte da Fiern, também participaram os dirigentes Roberto Sérgio, primeiro tesoureiro, Heyder Dantas, primeiro secretário, Marcelo Rosado, diretor do Mais RN, Djalma Cunha Junior, segundo secretário, José Nóbrega, segundo tesoureiro.