Senador Jean – Foto: Divulgação

O Senador Jean (PT-RN) afirmou que a demissão do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, é uma manobra do presidente Jair Bolsonaro para tentar atribuir a culpa da alta dos combustíveis aos seus auxiliares.

“É mais um capítulo de uma novela da qual já conhecemos o enredo e o desfecho. Bolsonaro faz um gesto para os caminhoneiros e seu eleitorado na tentativa de demonstrar que está lutando contra as altas nos preços dos combustíveis demitindo primeiro o presidente da Petrobras e agora o Ministro das Minas e Energia, quando a única solução para o problema é a demissão do próprio Presidente da República”, declarou o Líder da Minoria.

Para Jean, Jair Bolsonaro utiliza dessas “manobras” para desviar a atenção dos brasileiros dos “reais problemas do país”.

“Os preços dos combustíveis vão continuar em disparada até que, a exemplo de outros países, o governo tenha a coragem de estabelecer algum tipo de política de Estado para conter esse fenômeno. O governo diz que não tem recursos para isso, mas patrocina uma proposta no Congresso que vai significar despesas de R$ 100 bilhões para construir gasodutos que ligam lugar nenhum a coisa nenhuma. Até as eleições veremos mais manobras pirotécnicas como essa e nenhum efeito positivo para a população, só pra agradar a turma dele”, criticou o senador.