A Polícia Civil realizou uma operação e conseguiu prender um dos suspeitos de participação na explosão do cofre de um posto de combustíveis na madrugada desta quinta-feira (2), no conjunto Cidade Satélite, no bairro de Pitimbu, na Zona Sul de Natal. Outro suspeito, que seria o explosivista da quadrilha, morreu durante o confronto.

A investigação é referente à atuação de organização criminosa composta por potiguares e paraibanos, apontada como responsável por efetuar 11 ações no RN desde fevereiro deste ano, sendo nove explosões em postos de combustíveis e duas explosões em bancos.

A operação foi intitulada como “Inflamáveis” em razão da periculosidade da ação dos envolvidos. As investigações contam com o apoio da Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte.