A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes contra a Ordem Tributária (DEICOT/DECCOR-LD), deflagrou a “Operação Laranja”, que resultou nas prisões de dois empresários suspeitos de receptação de carga subtraída da Fiscalização da Secretaria Estadual de Tributação (SET). O fato aconteceu nesta quarta-feira (03), na Central de Abastecimento do RN (CEASA), no bairro Lagoa Nova, Zona Sul de Natal.

Segundo as investigações, no dia 01 de julho de 2024, auditores fiscais da Secretaria da Fazenda do RN (SEFAZ/RN) abordaram um veículo estacionado nas proximidades do CEASA/RN. Ao ser solicitada documentação relativa à carga, os agentes identificaram que a mercadoria estava sendo transportada em desacordo com a legislação. Notificado o proprietário da mercadoria acerca das irregularidades, ele deu ordem para que o motorista evadisse do local com o caminhão e os produtos apreendidos. As cargas são avaliadas em cerca de R$ 400 mil.

Registrada a ocorrência junto à Polícia Civil, os agentes da DEICOT/DECCOR-LD, em diligências contínuas, localizaram parte da carga no interior de um estabelecimento comercial no CEASA. O proprietário do estabelecimento confirmou a procedência da carga/mercadorias e relatou que a mesma foi subtraída na segunda-feira (01). Além disso, os dois homens foram autuados pelo crime de falsidade ideológica.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________