Considerado um dos concursos mais difíceis e concorridos do país, o Ministério das Relações Exteriores autorizou a realização de um novo certame para diplomata, com 50 vagas e salário inicial de R$ 20,9 mil. O cargo é de terceiro-secretário, sendo o início da carreira de diplomacia.

O processo seletivo exige conhecimento em várias disciplinas e, no Brasil, o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) é realizado todos os anos pelo Instituto Rio Branco (IRBr), academia diplomática brasileira subordinada ao ministério.

Os diplomatas são servidores públicos concursados que representam o Estado brasileiro, assim como seus cidadãos, no exterior. Eles negociam os interesses do país em conferências internacionais e atendem os cidadãos brasileiros nos consulados, entre outras funções.

Concurso do Itamaraty autorizado

A autorização para o concurso deste ano foi publicada no Diário Oficial da União.

A portaria prevê a realização de provas objetivas e escritas, com questões de língua portuguesa, história do Brasil, história mundial, geografia, língua inglesa, política internacional, geografia, direito e língua espanhola ou língua francesa.

Conforme a publicação, a primeira prova deverá ser aplicada em até dois meses após a divulgação do edital, que ainda não tem data definida.

Qualquer cidadão brasileiro nato com formação superior reconhecida pelo Ministério da Educação pode se tornar diplomata.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________