A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), afirmou nesta terça-feira (9) que a obra de engorda da praia de Ponta Negra tem sido tratada como prioridade pelo Governo do Estado. A declaração aconteceu durante a apresentação do balanço das ações da segurança pública no Estado.

Durante o evento, no Complexo Cultural da Rampa, na Zona Leste de Natal, Fátima Bezerra disse que a obra é de grande importância tanto para Natal quanto para o estado do Rio Grande do Norte.

“Uma obra importantíssima para Natal e o Rio Grande do Norte. A posição do governo sempre foi muito clara, de dar toda prioridade, celeridade, agora evidentemente respeitando a autonomia técnica do órgão”, declarou Fátima.

A fala dela acontece um dia após o tumulto acontecido na sede do Idema, quando manifestantes cobraram que o Idema conceda as licenças ambientais necessárias para o início da obra de engorda. O ato, em frente à sede do órgão, teve a presença do prefeito Álvaro Dias (Republicanos), deputados estaduais e vereadores.

O ato causou a depredação às instalações físicas e houve o registo de agressão à servidores do órgão. Como repercussão, o secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves disse que o Governo do Estado vai registrar boletim de ocorrência policial para identificar autores e responsabilizá-los.

Raimundo Alves acrescentou que a gestão estadual também vai solicitar a atuação do Ministério Público no caso. “Houve invasão, danos ao patrimônio público e agressão a servidores. O Governo e o Idema estão e vão continuar trabalhando no processo de licenciamento da engorda de Ponta Negra, sempre respeitando e cumprindo a legislação”, pontuou Alves.

O que falta para liberar a licença?

O Governo do Estado apresentou os 17 itens de informação que a Prefeitura de Natal ainda precisa enviar para a conclusão do pedido de licença ambiental.