Em maio, o maior volume de chuvas foi no dia 17, quando choveu um volume de 81,6 mm. Foto: Everton Dantas/NOVO Notícias
Natal recebeu o quarto maior volume de chuvas deste sábado (22) – Foto: Everton Dantas/NOVO Notícias

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou um volume de chuvas de 94 milímetros em Natal em um período de 24 horas entre este sábado (22) e o domingo (23). A quantidade de chuvas na capital foi uma das maiores registradas no estado do RN neste período, ficando atrás apenas de Macaíba, onde foram registrados 101 milímetros, São Miguel do Gostoso com 121 milímetros e Ceará-Mirim, onde 126 milímetros de chuvas foram registrados pelos monitoramento da empresa. Parnamirim, com 91 milímetros, fecha a lista das cinco cidades que mais choveram até aqui neste fim de semana.

As chuvas que caíram voltaram a impactar moradores da capital potiguar. Alagamentos foram registrados em todas as regiões da cidade, como na avenida Itapetinga, na zona Norte de Natal, onde vendedores de milho viram seu produto ser completamente tomado pela lagoa que se formou no local, e tiveram que recolher as várias espigas que ficaram boiando na água acumulada sobre a via.

De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ainda existe a possibilidade de chuvas intensas caírem sobre todo o litoral potiguar neste domingo (23). Um aviso meteorológico da categoria amarelo, aponta para perigo potencial em várias cidades do RN, com risco de chuvas que podem varias de 20 a 30 milímetros por hora, ou até 50 milímetros por dia. O Instituto alerta ainda para o risco de alagamentos e pequenos deslizamentos que podem ocorrer em áreas consideradas de risco.

A orientação é para, em caso de fortes chuvas, evitar enfrentar o mau tempo, observar possíveis alterações nas encostas e evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Confira alagamento na Itapetinga

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________