O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom João Santos Cardoso, receberá a imposição do Pálio Arquiepiscopal das mãos do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, durante solene celebração eucarística, no próximo domingo, 7 de julho, às 18h30, na Catedral Metropolitana.

No último dia 29 de junho, Dom João participou da celebração presidida pelo Papa Francisco, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, durante o qual o Santo Padre abençoou os pálios de 42 arcebispos, sendo cinco brasileiros, nomeados nos últimos 11 meses. Na ocasião, os novos arcebispos fizeram o juramento de fidelidade ao Papa.

Bênção da Catedral

No início a missa, no próximo domingo, o Núncio Apostólico também abençoará as obras do projeto de revitalização da Catedral Metropolitana de Natal, iniciado em janeiro do ano passado. Dentre as obras, destacam-se o vitral e os quadros da Via Sacra.
O vitral, medindo 21 metros de altura e 12 metros de largura, foi idealizado para ter a forma de uma cruz e, ao mesmo tempo, representar a imagem do Cristo Pantocrator. Já, a Via Sacra é composta de 15 peças, cada uma medindo 1,30m ou 80 cm, feitas em madeira, pelo artesão Ambrósio Córdula, de Acari (RN).

Significado do Pálio arquiepiscopal

O pálio, derivado do latim “pallium”, é uma faixa de cerca de cinco centímetros de largura confeccionada com lã de ovelhas criadas pelos monges trapistas da Abadia de Tre Fontane, em Roma. Segundo o Mons. Flávio Medeiros, cerimoniário da Basílica de São Pedro, no Vaticano, o pálio dos arcebispos metropolitanos é uma relíquia intimamente ligada ao apóstolo Pedro, cujo sepulcro se encontra embaixo do altar principal da Basílica Vaticana.

O pálio é um adorno episcopal confeccionado com lã de ovelhas e colocado em contato com o túmulo de São Pedro. “O seu significado é de que, quem o leva sobre os ombros, está unido por um especial aspecto de comunhão hierárquica com a Igreja Romana e com o Sumo Pontífice”, explica Mons. Flávio Medeiros.

Essa insígnia é entregue aos arcebispos recém-eleitos, como é o caso de Dom João Cardoso, que foi nomeado arcebispo da Arquidiocese de Natal, em 5 de julho de 2023.
Em tempos passados, o rito de imposição era realizado pelo Santo Padre, em Roma. Atualmente, o Pálio continua sendo abençoado pelo Papa, mas a imposição passou a ser realizada nas próprias arquidioceses, pelo Núncio Apostólico. Assim, será a primeira vez em que a Arquidiocese de Natal viverá a celebração da imposição do pálio, em seu próprio território. Os arcebispos anteriores receberam a insígnia, em Roma, na festa de São Pedro e São Paulo.

Núncio Apostólico

Dom Giambattista Diquattro é o atual Núncio Apostólico, ou seja, o representante do Papa para o Brasil. Natural da Bolonha, na Itália, nascido em 18 de março de 1954, é arcebispo, diplomata, teólogo e canonista. Antes de ser nomeado Núncio para o Brasil, em 29 de agosto de 2020, ele já havia exercido a mesma função no Panamá, Bolívia, Índia e Nepal.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________