Brasil é escolhido para sediar a Copa do Mundo Feminina 2027. Foto: Frame de vídeo
Brasil é escolhido para sediar a Copa do Mundo Feminina 2027. Foto: Frame de vídeo

Contradições

Olá, pessoal! Na semana passada, disse que iria abordar sobre o tema da Copa do Mundo Feminina e essa história de Natal querer ser sede. Acho até louvável por parte dos governantes e alguns dirigentes se manifestarem após Natal — que em 2014 foi sede da Copa do Mundo masculina — não estar entre as dez cidades que deverão receber os jogos. É interessante ver que estamos presenciando mais um caso da série “Só se dá valor quando perde”. Além disso, tem alguns outros fatores que poderíamos abordar.

Contradições (2)

Em julho do ano passado, poderíamos ver em todos os cantos que o Brasil se movia para ser candidato a receber a competição. Por acaso víamos alguém de Natal sequer falando de que lutaria para ser sede dos jogos? Como o Rio Grande do Norte pretende brigar para ser um dos locais de jogos, se as equipes femininas que disputam as competições, sejam elas Estadual ou Brasileiro, não tem um apoio real vindo de secretarias de esporte ou qualquer outro? Não adianta ter estádio bem estruturado se o cuidado para fomentar apoio aos que vivem do futebol feminino potiguar fica em último plano – ou nas contradições.

Leia também:

Aproveitando…

Já que citamos sobre contradições, aqui um exemplo claro de que alguns vêm com papinho de brigar para ser sede, mas não apoiam o time que representa o estado. Sabíamos que a situação era difícil. Porém, o que não faltou foi garra e determinação para as meninas do União. Jogando em Pituaçu, as potiguares tentaram, mas acabaram perdendo novamente para o Vitória-BA e, consequentemente, foram eliminadas nas quartas-de-final do Brasileirão A3. O acesso ficou para o ano que vem. Claro que é de se lamentar e tal. No entanto, pelo que estas meninas do União enfrentaram, elas merecem todos os parabéns!

Dos males, o menor.

Sejamos honestos. Para quem não tinha expectativa alguma em relação ao ABC com esses dois jogos fora de casa, trazer quatro pontos para Natal foi muito bom — ainda mais depois do jogo pífio de sábado. Tirando o pensamento resultadista e falando mais sobre desempenho, espero de verdade que, diante do Floresta, o ABC não seja aquele time visto do segundo tempo e de toda a temporada.

Ponto conquistado, mas…

Diante do atual campeão paraibano, o América conseguiu um ponto fora de casa. Porém o que preocupa é que os efeitos de cansaço e a falta de peças de reposição começam a ser visíveis em campo. Isso sem falar que na partida de ontem quatro jogadores saíram machucados. A gestão vai esperar o calo apertar ainda mais para se mover? Ao que parece, esse será o caminho.

Embalou de vez

Ao que parece o Santa Cruz entrou nos trilhos. A vitória para cima do Potiguar de Mossoró – a terceira seguida – coloca não somente na vice-liderança do grupo na Série D, mas no rumo para conseguir seus objetivos. O diferencial do time vice campeão do Estado, além de algumas peças como Matheus, Vitinho e Igor, passa pelo artilheiro Paulinho. O que este atacante é bom de bola não se escreve com algumas palavras aqui na coluna. Joga muito!

Sem técnico e sem paciência

Para encerrar a Coluna de hoje, e o Potiguar de Mossoró, hein? Com uma fase bem complicada – e perdida – dentro da competição, o time ocupa a vice-lanterna do grupo na Série D. Para piorar as coisas, o técnico Robson Melo pediu demissão da equipe após o revés diante do Santa Cruz. Alguns torcedores até lamentaram a saída, mas compreenderam. O que não compreendem mesmo é em relação à Diretoria, onde quase que por unânime, pedem a saída do presidente Djalma e do seu vice Freire Jr. Paciência zero. Bom, me despeço por aqui. Boa semana e até a próxima! Um abraço!

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________