COLUNA TOQUE DE LETRA – POR DIEGO BRENO

Precisava disso?

Meus amigos e minhas amigas, posso dizer que 99% dos torcedores americanos tiveram uma mescla de nervosismo, raiva e certo alivio após a partida do time diante do Afogados. O nervosismo se deu já que era o jogo chave do alvirrubro em busca da classificação à próxima fase. A raiva se deu pela arbitragem que anulou o gol de Zé Eduardo (pra mim foi legal), pela forma como o time perdeu várias chances de gol – com Wallace Pernambucano, principalmente – e como respeitou demais o adversário. Por fim, o alívio em ter conquistado um ponto em que, na teoria, os adversários (Crato e Sousa) “poderão facilitar” sua permanência na quarta colocação. Penso que o resultado o credencia para a classificação. Mas sejamos honestos, precisava de toda essa dramaticidade?

Explicando melhor

Quando eu disse que os próximos adversários americanos “poderão facilitar”, na teoria, é porque a situação de ambos já está resolvida. O Crato, lanterna do grupo, vem a Natal e possivelmente sairá derrotado. Depois o alvirrubro vai até a Paraíba encara o já classificado Sousa. Dos seis pontos em disputa, penso que o América conseguirá quatro fazendo com que a quarta vaga seja dele.

O de sempre

E mais uma vez não deu para o Globo. Apesar de ter tido um começo bem promissor – por mais que a criatividade não existisse – e ter começado a segunda etapa de maneira bem disposta, a equipe de Ceará-Mirim acabou fazendo o que tem feito mais nessa Série D (infelizmente): perder. A derrota para o Retrô foi a oitava na competição, se tornando um dos dez piores times do campeonato (Quem diria?)

Não será fácil 

Não se engane torcedor alvinegro que o duelo de logo mais diante da Aparecidense será tranquilo. Até porque existem alguns fatores que mostram a dificuldade que o ABC terá hoje à noite. Primeiro se dá que o treinador do time goiano é Moacir Junior, que até pouco tempo esteve no alvinegro. Ou seja, conhece muito bem o time. Segundo que, nos últimos confrontos do campeonato (Botafogo-SP, Paysandu e Volta Redonda) o Aparecidense venceu todos. Por fim, o time goiano vem embalado e joga em casa.

Não será fácil (2)

Falando exclusivamente do ABC, a preocupação deve existir principalmente depois do que o time apresentou na partida contra o Confiança. Sem falar que, agora, o técnico Fernando Marchiori tem problemas visto que os laterais Felipinho e Alyson foram julgados e punidos. Por isso digo e repito: o jogo de logo mais não será tranquilo diante da Aparecidense.

Derrota em casa

Infelizmente, no primeiro duelo das oitavas-de-final do Brasileirão A3, o ABC/União acabou sendo derrotado no Frasqueirão pelas meninas do VF4 da Paraíba com o gol de Lu Meireles. Se quiserem avançar as quartas, as comandadas de Walessa precisam vencer as paraibanas no próximo sábado (09). Caso vençam por dois ou mais gols, passam de fase. Caso vença por um gol de diferença, aí a decisão da vaga será nos pênaltis.

Super Matutão

Na última quinta-feira (30) a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) definiu que no dia 16 deste mês terá inicio o Super Matutão 2022. Ao todo serão 28 equipes que farão parte da disputa que tem, como objetivo, promover a interiorização do futebol potiguar e revelar novos talentos para o esporte – poderão participar atletas de 16 a 21 anos. Nos próximos dias, a FNF irá disponibilizar a tabela detalhada em seus meios de comunicação (site e redes sociais).