Presidente Jair Bolsonaro – Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira (25) que, por ele, o Brasil não terá festas de Carnaval em 2022. O chefe do Executivo deu a declaração em entrevista à Rádio Sociedade, da Bahia.

“Por mim, não teria carnaval, só que tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o STF [Supremo Tribunal Federal], quem decide são governadores e prefeitos. Não quero me aprofundar nessa que poderia ser nova polêmica”, disse, ao lado do ministro João Roma (Cidadania), que deve disputar a eleição em 2022.

Perguntado sobre uma possível 4ª onda de covid-19 no Brasil, como acontece em alguns países da Europa, Bolsonaro disse:

“Outra onda, sim, está vindo. Não sei se outra cepa e vírus ou se acabou validade da vacina, e os problemas estão aí. É uma realidade que temos que enfrentar, não adianta se esconder nem culpar ninguém por essa tragédia”.

O chefe do Executivo também afirmou que o governo federal será contrário a possíveis novas medidas restritivas caso a curva de casos e mortes volte a subir no Brasil.

“Estou vendo que alguns países da Europa, sim, estão retomando medidas de lockdown. Se tivermos outro lockdown em Estados e municípios pelo Brasil, vão quebrar a economia de vez em nosso país. Essa é nossa preocupação”, disse.