Selton Mello será Dom Pedro II e Mariana Ximenes dará vida a Condessa de Barral. Foto: Divulgação/ TV Globo
Abrindo a sequência de novelas 100% originais desde o início da pandemia, ‘Nos Tempos do Imperador’ estreia no dia 9 de agosto, na faixa das seis da TV Globo. A obra, escrita e criada por Alessandro Marson e Thereza Falcão, e dirigida por Vinícius Coimbra, fala sobre escolhas e sacrifícios. Desafios, conquistas, batalhas, vitórias e derrotas. E, claro, grandes paixões.
Ambientada no Rio de Janeiro, a trama de época se desenvolve num Brasil que ainda busca sua identidade e acompanha momentos importantes da vida do Imperador Dom Pedro II (Selton Melo), da Imperatriz Teresa Cristina (Leticia Sabatella), de Luísa, a Condessa de Barral (Mariana Ximenes), além de Pilar (Gabriela Medvedovski) e Jorge/Samuel (Michel Gomes), ao longo dos anos. Através de histórias de amor, lutas e esperança, ‘Nos Tempos do Imperador’ traz elementos históricos, mas que remetem imediatamente aos dias atuais. “O resgate do contexto histórico somado às histórias envolventes e inspiradoras dos protagonistas constroem uma novela com muita brasilidade, que promete gerar identificação com o público e abrir debates para temas contemporâneos”, ressalta o diretor artístico Vinícius Coimbra.
As gravações começaram em março de 2020, mas devido à pandemia da Covid-19 precisaram ser interrompidas. Os trabalhos nunca pararam totalmente, mas as gravações retornaram apenas em novembro do ano passado. Além dos Estúdios Globo e externas no Rio de Janeiro, os municípios de Barra do Piraí e Rio de Flores foram locações para cenas importantes nas fazendas das famílias de Luísa, Tonico (Alexandre Nero) e Pilar, e foram gravadas antes da interrupção. Na Chapada Diamantina, na Bahia, foram realizadas, também antes da pausa, cenas que envolvem as expedições de Dom Pedro II e Teresa Cristina pelo Brasil.
A confirmação da data de estreia emocionou os autores. “Foi a mesma sensação de ter uma sinopse aprovada, o melhor sentimento possível”, lembra Alessandro. “Estamos escrevendo ‘Nos Tempos do Imperador’ desde março de 2018 e foi um choque gigante ficar sem saber, pelas circunstâncias mundiais da pandemia, quando iríamos lançar. Mas não paramos em nenhum momento”, complementa Thereza.
Já Vinícius destaca o novo processo de gravação. “Estamos fazendo algo inédito. Normalmente, na estreia, temos 18 capítulos gravados e ficamos trabalhando com uma frente de 10, 12 capítulos em uma semana de gravação. Nessa novela, fomos montando o roteiro otimizando as gravações com elenco, estúdio e equipes. Às vezes, gravamos em um mesmo dia os capítulos 28 e o 80, por exemplo. Gravar com todo esse espaço em um único dia, encontrar a emoção desses personagens levando em conta esse intervalo é mais um desafio para os atores, direção e continuidade. Mas estamos aprendendo a fazer novela dessa forma. O protocolo nos provoca a fazer algumas coisas diferentes do que estávamos acostumados. Contamos a nossa história seguindo todas as normas e com todos muito empenhados para fazer o melhor possível”, afirma o diretor.
A expectativa de Alessandro e Thereza para ver o trabalho no ar também é grande, e eles comemoram a receptividade do público. “Vejo as pessoas ansiosas pela novela! Acho que já existia uma curiosidade natural, porque Pedro II é um personagem extremamente popular no Brasil, mas agora a gente agregou esse fato de sermos a primeira novela totalmente inédita depois de tanto tempo. Por termos começado antes do início da pandemia, temos muitas externas, muitos acontecimentos importantes logo no início da obra”, explica a autora.