Estudantes do Colégio Porto – Foto: Divulgação/Assessoria

Na próxima segunda-feira (27), começam as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Os candidatos a uma vaga na universidade vão poder fazer a inscrição até o dia 07 de junho pelo site do Inep. As provas estão marcadas para os dias 03 e 10 de novembro. Até lá, os estudantes seguem na fase de preparação, cada um com uma estratégia diferente. Em Natal, o Colégio Porto conta com um suporte diferenciado nessa trajetória: é um trabalho de mentoria realizado por ex-alunos da escola que já passaram por essa experiência e conseguiram a aprovação.

Lucas Queiroz foi aluno do Porto por dois anos e hoje cursa Medicina na UFRN, aos 19 anos. Ele é um dos mentores que participa do projeto. “Na mentoria, traçamos um planejamento de estudos individual, em que construímos um horário e também ensinamos a melhor forma de estudar. Fazemos o acompanhamento mensal, a partir de uma análise de desempenho, em que o mentor analisa os acertos dos estudantes nos últimos simulados e faz uma comparação com os acertos anteriores e, a partir disso, faz a adequação nos horários de estudo”, descreveu o universitário.

Mas a troca entre mentor e mentorado vai além da rotina com livros e apostilas. “O principal é tentar mostrar que o sonho da aprovação é possível de ser alcançado. É um incentivo transmitir isso para eles com a nossa própria história. É também uma forma de tornar todo o processo mais leve”, completou Lucas.

Esse mesmo sentimento é compartilhado por quem se inspira no estudante de Medicina e nos outros mentores da escola. “O fato de os mentores já terem passado por essa experiência de sucesso traz para gente conforto e segurança. Eu me espelho neles de uma forma muito positiva”, disse Pedro Gentil, aluno da 3ª série do ensino médio. “Ser guiada por uma pessoa que conseguiu ter sucesso no Enem me deixa aliviada. É alguém que já esteve no meu lugar e pode me orientar de forma mais precisa e humanizada”, relatou Valentina Pascoal, que também vai fazer o exame este ano.

Para a orientadora pedagógica do Colégio Porto, Kennia Ísis, O processo de mentoria é uma ferramenta valiosa para os estudantes das 2ª e 3ª séries do ensino médio que se preparam para o Enem e outros vestibulares. Ela acredita que o projeto é mais do que um reforço acadêmico ou uma adequação da rotina de estudos. “A mentoria ajuda a identificar as áreas específicas em que o mentorado precisa de mais apoio. Por meio de uma avaliação detalhada das habilidades e conhecimentos dos alunos, o mentor pode elaborar um plano de estudos estratégico que maximize o tempo de aprendizado, aprimore as áreas de deficiência e valide as áreas de excelência”.

Segundo ela, outro aspecto crucial da mentoria é o apoio emocional e motivacional que ela proporciona. “Muitos desses estudantes sofrem com a pressão e a ansiedade. Ter um mentor significa ter alguém que não só entende as pressões acadêmicas, mas também pode oferecer encorajamento e suporte emocional. Daí a importância de todos os nossos mentores serem egressos do Colégio Porto que obtiveram êxito em suas trajetórias. Esse detalhe ajuda a fortalecer os vínculos e auxilia os estudantes na conquista dos seus objetivos”, defendeu.

______________________________________________________________________________________________

Quer receber notícias úteis, relevantes, informativas e divertidas?

➡️ Assine gratuitamente a Comunidade do NOVO no Whatsapp.
➡️ gratuitamente o Canal de Notícias no Telegram.
➡️ Siga o NOVO Notícias no Twitter.

______________________________________________________________________________________________