Bira Marques e Ricardo Valério serão candidatos à reeleição? Foto: Ícaro Carvalho/TN

Com o acesso do ABC que está de volta à Série “C” e o benefício do América, que herdou a vaga da “D” espantando a possibilidade de ficar em Campeonato Brasileiro em 2022, agora veremos o movimento nos bastidores dos clubes.

Ninguém tocava no assunto eleições por causa do mata-mata da “D”. No caso do América, vários pontos são obscuros. Não há clareza sobre muitos aspectos: Ricardo Valério será candidato à reeleição? Surgirá candidato saindo do então “Grupo Gestor”?

Hermano Morais e Paulinho Freire vão aliar as pretensões políticas e tocar o América ao mesmo tempo? Alex Padang vai conseguir apoio político e enfim ser candidato, cumprindo a promessa de democratizar o clube? Surgirá alguém “novo” querendo sentar na cadeira de presidente?

Ninguém sabe.

O estatuto do América traz a eleição para outubro, só que até agora nenhum prazo foi aberto e não há sequer uma comissão eleitoral formada. Conselho Deliberativo em total silêncio.

Do lado do ABC existem algumas dúvidas no ar, mas outras já estão mais claras.

O presidente Bira Marques confidenciava aos mais próximos que com ou sem acesso, ele não iria tentar a reeleição. Só que a gente sabe que com o acesso, muita coisa pode mudar (politicamente falando).

Hoje, podemos dizer que Bira Marques é sim candidato a reeleição. Comenta-se também que outras 2 chapas irão concorrer à presidência do ABC (que trarei mais detalhes essa semana) tendo assim 3 candidatos e um pleito acirrado. No ABC já há Comissão Eleitoral formada.

O prazo para inscrições de chapas já está valendo e vai até esta sexta-feira (22/10). Com a homologação dos propensos candidatos, saberemos como será a disputa no ABC.

As cartas estão na mesa. Quem se habilita?