Vinícius Paulista comemora gol e faz festa com torcida do ABC. Foto: Gabriel Leite/UDE

O ABC entrou em campo hoje com a missão de reverter a vantagem da Aparecidense/GO construída no jogo de ida (4×2). Do time titular, apenas o volante Felipe Manoel não jogou por estar suspenso (3º amarelo). Vinícius Paulista fechou o meio campo com Valderrama e Allan Dias.

Na primeira etapa de jogo o ABC teve dificuldades no início porque a Aparecidense amarrava o meio campo com muitas faltas. Na verdade o time alvinegro também começou tenso. Goleiro Wellington teve que fazer duas defesas. O time visitante tinha mais a posse de bola, só que quem fez o gol foi o ABC.

Cobrança de falta de Wallyson e Vinícius Paulista abriu o placar de cabeça aos 20 minutos do 1º tempo.

Depois o gol o ABC mandou mais na partida e faltou capricho na finalização. A Aparecidense deu uma “apagada” depois de estar perdendo e não pressionou a defesa alvinegra.

E a vontade a mais que o torcedor esperava para o segundo tempo veio. O ABC voltou abafando tudo e era só ataque. Só que o tempo foi passando e nada da bola entrar. Moacir Jr. colocou as peças que poderiam fazer algo (como Denner, João Marcos, Ferreira e Marcos Antônio), mas terminou não dando.

Equipe goiana apenas administrou a vantagem. Praticamente não chegou ao gol de Wellington no 2º tempo. Final de partida ficou mesmo no 1×0.

Com o resultado o ABC se despede da “D” e não consegue chegar às finais. Agora time de Moacir Jr. se prepara para entrar em campo no dia 27 de novembro, no jogo da volta contra o Sousa/PB, pela 3ª fase da Pré-Copa do Nordeste. Será outra partida onde o ABC terá que reverter um placar ainda mais adverso.

O ABC precisa vencer por 4 gols de diferença para se classificar e garantir vaga na Copa do NE em 2022. Vitória por 3 gols de diferença leva a decisão da vaga para as cobranças de pênaltis.

Aparecidense/GO e Campinense/PB vão decidir o Campeonato Brasileiro da “D”.