Técnico Renatinho Potiguar tentou manter a calma durante todo o jogo. Foto: Canindé Pereira

O Técnico Renatinho Potiguar praticamente repetiu a formação que foi titular no 1º jogo. Mudanças ficaram por conta de Reynaldo no lugar de Samuel (suspenso) e Alvinho começando o jogo no lugar de Max. Guedes mais uma vez iniciou a partida no banco de reservas e Iranilson foi improvisado na esquerda

Foi um primeiro tempo onde a defesa do América foi muito acionada. O Campinense teve mais posse de bola e chegava principalmente com Fábio Lima. Na reta final da primeira etapa o time de Renatinho Potiguar chegou nas bolas paradas. Isso quando acertava os passes.

Campinense fez o que um mandante deve fazer. Pressionando com as linhas altas e exigindo presença do goleiro Reynaldo.

Já na segunda etapa o América voltou com Leozinho no lugar de Iranilson. O Alvirrubro teve logo uma boa chance num chute de fora da área com Esquerdinha. Os times se alternaram nas tomadas de iniciativas. Foi um segundo tempo de igualdade, mas onde a tensão e ansiedade atrapalharam as tomadas de decisão.

Com o empate no tempo normal, restou decidir o acesso nas penalidades.

João Vitor bateu primeiro e Reynaldo pega. Patrick Alan faz o dele. Depois Cleiton bateu e fez pro Campinense. Erick Varão não vacilou e balançou as redes. Anselmo cobrou e também fez. Esquerdinha perdeu o dele. Matheus Régis não decepciona e faz. Roni que entrou no 2º tempo bateu e perdeu.

Mauro Iguatu bateu e decidiu o acesso para a “C”.

Que situação do alvirrubro. Uma pena para o futebol do RN.