O Governo do RN reuniu, nesta terça-feira (9), representantes do trade turístico e dos veículos de comunicação para apresentação dos dados da redução da violência no estado.

As autoridades apresentaram os investimentos, operações e resultados obtidos nos últimos cinco anos e meio visando a prevenção e redução dos casos de violência, e que têm permitido mais segurança àqueles que residem no Rio Grande do Norte e aos visitantes. O esforço traz efeito direto ao setor do turismo.

A Coordenadoria de Informações, Estatísticas e Análises Criminais (COINE) aponta que comparados os períodos — 2014/2018 e 2019/2023 — houve uma redução de 35,5% no número de mortes violentas no Rio Grande do Norte. No período 2014 a 2018 foram 9.814 mortes violentas intencionais. De 2019 a 2023 foram 6.523 MVIs, o que significa 3.291 mil vidas salvas.

Mas, há dados também compilados por institutos especializados em análise de dados da segurança que indicam resultados também positivos do estado na área de Segurança Pública. O Atlas da Violência 2024, do IPEA, mostra que o RN reduziu em 49,1% os crimes de morte violenta intencionais comparando os dados entre 2017 e 2022, passando a ser o primeiro estado do Nordeste e segundo em todo o Brasil com maior redução.

Trazendo os dados comparativos para ocorrências mais recentes considerando o primeiro semestre dos anos 2023 e 2024, os roubos a estabelecimentos comerciais, residências e roubos em via pública a redução do de 18,8%, 9,7% e 9,1%, respectivamente.

Em relação aos registros de roubos a ônibus na Região Metropolitana de Natal que engloba 15 municípios, comparando o período de janeiro a maio de 2023 com 2024, a redução foi de 20%. No comparativo com os dados totais ano a ano no período 2018 a 2023, a redução é de 74% – foram 479 ocorrências em 2018 contra 125 em 2023.

O roubo de veículos caiu de 7.513 em 2020 para 3.322 em 2023 – redução de 55,7%.

“Temos resultados significativos que vêm de muito trabalho, muita dedicação, esforços do nosso sistema de segurança pública e da nossa equipe de Governo que desde 2019 trata a segurança pública como prioridade. O RN saiu do mapa da violência, deixou de ser um dos estados mais violentos do país e passou a ser um dos três que mais reduziram a violência”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A governadora acrescentou que “tudo isso é resultado de investimentos em equipamentos, valorização de pessoal com 13 mil promoções, renovação de 100% da frota, realização de 9 concursos públicos para os órgãos de segurança, atuação integrada e em parceria com o governo e órgão da administração federal. Fizemos muito e vamos continuar fazendo para trazer cada vez mais, paz, segurança e desenvolvimento para o RN”, destacou.

O presidente do Sindicato dos Bugueiros (Sendbuggy), Hertz Medeiros considerou “muito boa por que saímos do senso comum, das informações de boca a boca e das fake news para o acesso a dados oficiais. O Governo do RN nos comunicou diretamente a situação e constatamos isso com o acesso às polícias para trazer mais segurança às nossas atividades e à população”. A empresária Deca Bolonha disse que atua há 30 anos no turismo do estado “e agora vemos o Governo voltado para a população. O turismo é consequência, a redução da violência, beneficia a nossa atividade e a todos. O Nordeste, o Brasil e o mundo precisam saber da redução da violência no RN por que isso incentiva o turismo e a economia do estado”.

A reunião, no auditório do Complexo Cultura da Rampa, em Natal, contou com a presença de Rodrigo Abreu (Gerente Geral do Aeroporto de Natal); Júnior Câmara (Presidente do Sindetur); Edimar Gadelha (ABIH); Jarbiana Costa (Natal Convention Bureau); José Maria Pinheiro (Presidente da Febtur); Hertz Medeiros (Presidente do Sindbuggy); Júnior Lima (Presidente do Singtur-RN); Artur Fontes (Diretor da Abrasel); Ana Maria Costa (Diretora da Anauê Receptivo e Viagens); Antônio Neto (Presidente da Abav-RN); Ênio Sinedino (96 FM); João Hélio (Sebrae); Laumir Barreto (Diretor Executivo da Fecomércio); Fernando Fernandes (Superintendente do Sistema Tribuna); Haroldo Filho (97 FM); Haroldo Azevedo (94 FM); Felinto Filho (98fm); Jornalista Liszt Madruga (Abrajet-RN).

Por parte do Governo do RN participaram Raimundo Alves (GAC); Ivanilson Maia (Adjunto do GAC); Solange Portela (SETUR); Danielly Rêgo (Adjunta SETUR); Marcos Brandão (ITEP); Ana Cláudia Saraiva (DEGEPOL); Raoni Fernandes (EMPROTUR); Cel. Alarico Azevedo (PM-RN); Cel. Francisco Araújo (SESED); Delegado Osmir Monte (Adjunto da SESED); Daniel Cabral (Comunicação); Helton Xavier (SEAP); Cel. Luiz Monteiro (CBM-RN); Antenor Roberto (PGE); Gilson Matias (FJA); Carlos Eduardo Xavier (SEFAZ).