Presidente Ricardo Valério, se não renunciar, terá apoio de um grupo de ex-presidentes. Foto: Canindé Pereira

Sem enrolar muito, nada de texto bonitinho no início do post. Indo direto ao ponto, o que está se desenhando nos bastidores do América/RN não é novidade, mas deve ser contado de forma franca e fiel aos fatos. Os jogos de amanhã pela última rodada da Copa RN serão decisivos para a estabilidade e governança do presidente Ricardo Valério e algumas verdades devem ser ditas.

Cada um escreve o que quer, mas segundo o que apurei, NÃO TEM essa debandada geral de ex-dirigentes e do presidente do CD americano. Quem já está afastado, continua longe porque quer.

A real é que torcida está “encurralando” já algum tempo o Pres. do Conselho Deliberativo, José Rocha, e o ex-presidente, Eduardo Rocha. Pai e filho acumulam muitas conquistas históricas e também o peso da cobrança por muita coisa que não anda no clube.

Nas ENTRELINHAS, o desejo de Eduardo Rocha (e de toda família) é de que José Rocha (pela idade, saúde e tudo mais) não assuma a presidência do clube novamente. Para isso acontecer, teria que haver o pedido de renúncia de Ricardo Valério. Eduardo chegou a fazer o pedido para que Ricardo não renuncie. Claro que muita água pode rolar, mas parece que isso não vai ocorrer.

E mais, no final do ano tem eleições para o Conselho Deliberativo e Diretor do América. José Rocha não concorrerá. Por isso o licenciamento já de agora. Por todos esses fatores: saúde, idade, família e também a não disputa no CD. E se JR não vai, como vai ficar? Quem concorrerá?

José Rocha se licenciando, não haverá renúncia. Pelo o que apurei, ele ajudaria o grupo de apoio à Ricardo Valério que irá contar com o Dir. Jurídico, Diogo Pignataro, e os ex-presidentes Hermano Morais, Clóvis Emídio, Paulinho Freire, Alex Padang e Leonardo Bezerra. Grupo tocaria o futebol na “D” e inclusive se manteria para as eleições do final de 2021.

Esse é o desenho do que estar por vir podendo claro as coisas irem se desdobrando e atualizando.

Sobre o caos, veneno e mentiras ditas nas redes pelo “rapaz”, todos já conhecem, mas só ele não se toca. Na verdade, os que o alimentam sabem de sua fraqueza (profissional e pessoal) e por isso o utilizam para mandar recados.

Próxima, por favor.